Sem tesão não dá: a nova postura profissional

Como disse o pichador de um cemitério em São Paulo que inspirou o psiquiatra Roberto Freire a escrever seu livro: sem tesão não há solução. A tão referenciada geração Y (nascidos entre o final da década de 70 e início dos anos 80) sabe o que é isso.

Maslow delineou as necessidades fundamentais, mas o ser humano, em sua constante…

leia mais em http://webinsider.uol.com.br/2010/10/27/sem-tesao-nao-da-a-nova-postura-profissional/

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s