Arquivo da categoria: discussão

Por que os melhores funcionários nem sempre são promovidos?

Hoje em dia, para progredir na carreira não basta fazer seu trabalho com maestria ou mesmo cumprir o horário a risca, vestir-se de acordo com o dress code da área, ser educado e relacionar-se bem. Claro que tudo isso é importante, mas não carimba seu passaporte para a promoção.

A competição corporativa nunca foi tão acirrada. As disputas por cargos de confiança são verdadeiros duelos de Titãs, pois, quase sempre os profissionais que disputam a vaga tem currículo tão bom ou melhor que o seu.

Se quiser ser o escolhido e conseguir a tão sonhada promoção não…

leia mais em https://pt.linkedin.com/pulse/por-que-os-melhores-funcion%C3%A1rios-nem-sempre-s%C3%A3o-um-papo-rodrigues

Anúncios

Privacidade líquida

Algumas pessoas são ‘abençoadas’ e conseguem passar longe de textões e debates amargos em redes sociais. Outras não se importam com o futuro do Brasil. Por outro lado, todo mundo faz aniversário uma vez por ano.

Quem é um pouco mais velho pode se lembrar com facilidade de uma época que o próprio aniversário era um acontecimento relativamente privado, que podia ser comemorado apenas com familiares e amigos próximos e cuja data só umas poucas pessoas saberiam.

É um estado de coisas que não favorece muito redes sociais construídas em torno do objetivo de promover engajamento contínuo, mesmo que por meio de interações rasas em grande volume, que acabam transformando cada vez mais a convivência social em uma espécie de tarefa a ser cumprida.

Leia mais em https://blog.runrun.it/o-ano-que-esqueci-meu-aniversario/

Reconhecimento é a melhor forma de estimular alguém

O salário não é a principal fonte de insatisfação dos brasileiros dentro das empresas. Mais do que uma remuneração condizente com o que seria justo pelo seu trabalho, as pessoas querem ser reconhecidas e valorizadas dentro das organizações. Ser mais uma peça da engrenagem é um fardo nos tempos atuais, defende o filósofo Mário Sérgio Cortella. Docente, educador, palestrante e consultor de empresas, Cortella afirma que a principal causa da atual desmotivação é a ausência de reconhecimento. E ela manifesta-se de várias formas: do chefe injusto à falta de valorização em cada projeto e tarefa. Não é uma questão puramente de promover o elogio desmesurado, mas uma forma de “dar a energia vital ao funcionário para continuar fazendo e seguindo em frente”. É principalmente evitar a mensagem de que …

leia mais em https://www.linkedin.com/pulse/reconhecimento-é-melhor-forma-de-estimular-alguém-oliveira-mendes

Eu e meu burnout: o dia que quase entrei em colapso

Há pouco mais de um ano, numa determinada noite, lá pelas 3 da manhã, eu acordei de repente. Parecia que eu tinha levado um choque. Acordei com um aperto no peito, uma sensação de angústia, difícil de descrever. O quarto estava escuro, me deu medo. Deixei o quarto silenciosamente, sem permitir que a minha esposa sentisse a minha saída e fui para sala. Fiquei andando de um lado para o outro, com a TV ligada, som baixo, luzes acesas, sem saber o que acontecia comigo, mas com uma sensação de desespero, ansiedade… quase pânico. Tinha a sensação de que alguma coisa muito grave estava acontecendo durante aquele meu momento solitário. Depois de pouco mais de duas horas a ansiedade foi diminuindo, me acalmei e voltei para o quarto. Semanas depois eu contei para minha esposa.

Nunca entendi claramente o que aconteceu comigo naquela noite, mas me aventuro a dizer que eu tive uma espécie de síndrome do pânico, um profundo transtorno de ansiedade, um desespero injustificável e inesperado. Passei um tempo pensando nisso e acho que seria simplista afirmar que se tratou de um pânico que veio do nada, como uma gripe ou um mal estar passageiro. Na época dessa…

leia mais em https://www.linkedin.com/pulse/eu-e-meu-burnout-o-dia-que-quase-entrei-em-colapso-mauro-segura

O Efeito que a Disciplina pode ter em sua Vida

6h00 da manhã. O despertador toca. É segunda-feira. O dia está longe de clarear ainda e os termômetros marcam 4º Celsius na capital mais gelada do Brasil. Ainda assim, minha esposa acorda, coloca sua roupa e sai correr 10km.

Talvez ela nem se dê conta, mas o seu maior ganho com toda essa dedicação não é o seu condicionamento físico (que, claro, é muito bom também), mas o desenvolvimento de uma habilidade essencial para qualquer pessoa que aspire grandes realizações na vida: a disciplina. Isso é ainda mais valioso.

Disciplina é poder. Quanto mais…

leia mais em https://www.linkedin.com/pulse/o-efeito-que-disciplina-pode-ter-em-sua-vida-paulo-machado

AS COISAS NÃO FICAM MAIS FÁCEIS. VOCÊ FICA MELHOR.

Emprego não é prisão!

Não é um assunto tão simples quanto parece. A relação Trabalhador-Organização, pressupõe um nível de confiança em que as partes tenham abertura para conversar (e buscar alternativas) quando as coisas não vão bem. Infelizmente, sabemos que muitas vezes (acho que na maioria delas) não é assim.

Eu respondi o e-mail, explicando meu ponto de vista e meu entendimento de que as pessoas devem ter o direito a explorar opções e conversar abertamente quando identificarem que a relação atual não está tão bem… Nunca tive resposta.

Em última instância, eu acredito que…

leia mais em https://www.linkedin.com/pulse/emprego-n%C3%A3o-%C3%A9-pris%C3%A3o-alexandre-pellaes