Arquivo da tag: autoconhecimento

Por que o Mindfulness faz sucesso

De tempos em tempos, um novo conceito invade o mundo corporativo e rapidamente entra na moda. Lembre-se de balance scorecard, downsizing, reengenharia, sustentabilidade, responsabilidade social, estratégia digital, ominichannel… Quem não os adota parece estar fora de sintonia, alheio às ferramentas, termos e tendências que poderão fazer a diferença para o negócio. O mais recente representante dessa leva tem um nome estranho, Mindfulness, e vem ganhando força dentro das corporações. Nem tente arriscar uma tradução literal. Depois de ler vários significados para o termo, escolhi um que acredito ser o mais próximo de sua real funcionalidade: “é atenção plena no momento presente, sem se apegar aos pensamentos”. Em outras palavras, esvaziar a mente para aumentar o foco no assunto que interessa naquele instante. Segundo os especialistas em Mindfulness – e surgiram muitos nos últimos tempos – o conceito ajuda a aumentar a performance de executivos.

E não só deles. A prática invadiu diversas atividades: o mindfulness pode ser…

leia mais em http://blog.curriculum.com.br/por-que-o-mindfulness-faz-sucesso/

Que bengalas você tem usado?

Gatilhos mentais

Você sabe o que são e para que servem os gatilhos mentais?

Bom, imagine que você esteja com um problema e possui duas alternativas para resolvê-lo e, aparentemente, está em dúvida sobre qual decisão tomar.

Faça algo simples: jogue uma moeda para o alto.

Não que a moeda vá decidir por você, mas nos instantes que…

leia mais em http://viverdeblog.com/gatilhos-mentais

COMO GERENCIAR SEU TEMPO E TER UMA SEMANA IDEAL

Existem duas formas de viver a vida. A primeira é viver em busca dos seus objetivos, definindo propósitos e seguindo um plano que você definiu. A segunda é viver por acidentes, reagindo ao que acontece sem você prever e sendo mandado e comandado por outras pessoas.

A primeira opção é proativa, a segunda e reativa.

Há alguns anos, mais precisamente 8 anos contando até a data deste artigo, eu decidi viver minha vida seguindo a primeira opção e sendo muito proativo. Entre tropeços e acertos fui encontrando bem meu caminho e como eu deveria…

leia mais em http://www.olheforadacaixa.com/semana-ideial-para-empreendedores/

Você nunca terá sucesso sendo adolescente

Sábado foi um dia maravilhoso.

Você acordou na sua cama confortável com lençóis, travesseiros e cobertas que adora.

Levantou um pouco mais tarde que nos dias do semana porque, afinal, você merecia um descanso extra.

Ao levantar da cama foi para a cozinha onde encontrou frutas, pão, manteiga, leite e toda a sorte de coisas boas para fazer o seu desjejum.

Depois do café da manhã, você voltou para o quarto, ligou o seu computador e foi para a internet trabalhar e se distrair um pouco enquanto a hora passava para você ir para um churrasco que seus amigos haviam marcado e lhe convidado.

Para ir para o churrasco você pediu carona para seus pais, seu marido ou esposa que prontamente o levou até a casa onde seus amigos estariam reunidos para o churrasco, distante uma meia hora de onde você morava.

Você passou uma tarde agradável perto dos seus amigos, conversando, brincando, comendo e bebendo feliz até o momento em que começou a escurecer.

Você ligou de volta para quem lhe deu carona no início do dia dizendo que o ônibus que o levaria até em casa demoraria para chegar e essa pessoa se convidou a ir pegá-lo novamente na festa.

Você esperou meia hora e lá estava sua carona de volta.

Você entrou no carro e sem fazer esforço chegou novamente na sua casa onde um jantar bacana o esperava.

Você tomou um banho quente, daqueles rejuvenescedores, vestiu um pijama confortável que já estava limpo na sua gaveta de roupas e sentou-se à mesa para comer a sua última refeição do dia e conversar sobre os acontecimentos do dia com as outras pessoas que moram com você.

Quando o jantar acabou, você recolheu as louças que estavam sobre a mesa e as colocou na pia, juntamente com as panelas e talheres que serviram para fazer e servir aquela refeição.

Depois disso você foi para o seu quarto, ligou o seu computador na internet como tinha feito no início do dia e esperou até chegar o sono e você deitar na sua cama confortável mais uma vez.

(Ponto)

“A gratidão é a virtude das almas nobres.” ~ Esopo (Tweet Isso)

Quantas pessoas você conhece que se comportam dessa forma? Talvez você mesmo se comporte assim, não é mesmo?

Usufrui dos ambientes, das coisas e das pessoas e se esquece de agradecê-las e agradá-las.

A louça que ficou sobre a pia, vai ter que ser lavada por alguém.

Provavelmente, o mesmo alguém que te levou e te buscou da festa que você foi.

Alguém que te proporcionou usar eletricidade no seu quarto, juntamente com internet e um computador portátil.

Muitas vezes alguém que você até mesmo ama e tem bastante consideração.

Adolescência adulta

Muitos adultos não saíram da adolescência.

Apesar de vivermos em bairros, não conhecemos e não nos importamos de fato com quem mora no nosso bairro.

Agimos da mesma forma com as pessoas que moram na nossa cidade, no nosso estado, no nosso país e no mundo.

Se dentro das nossas casas nós não nos importamos com o coletivo, como discursar sobre o coletivo global? Como querer que nossos filhos, netos e bisnetos adotem uma postura de vida preocupada com o coletivo mundo afora se dentro de casa, cada um só pensa em si?

Que se dane os outros! Eu quero saber é de mim!

O sistema social que vivemos atualmente conseguiu distanciar as pessoas dentro da mesma casa.

Todo mundo faz algo mais importante que o outro.

  • É importante para mim escrever, então que os outros se virem nas suas tarefas.
  • É importante para mim fazer o trabalho da escola, então os outros que se virem nas suas tarefas.
  • É importante para mim ganhar dinheiro, então os outros que se virem nas suas tarefas.

Eu jogo bituca de cigarro no chão, latinha de refrigerante na rua, compro um carro além das minhas possibilidades financeiras e planejo viagens para o exterior só para mostrar na rede social que eu sou o bonzão.

Não me preocupo com a louça que vai ficar em cima da pia.

Eu quero saber do meu, daquilo que é meu por direito e se puder fazer o mínimo pelos outros, é o que vou fazer.

“Os homens apressam-se mais a retribuir um dano do que um benefício, porque a gratidão é um peso e a vingança, um prazer.” ~ Tácito (Tweet Isso)

É impossível gerar valor como adolescente

Todo empresário deve ter a preocupação de gerar valor para os outros.

No exemplo acima, ter lavado a louça e limpado a cozinha teria sido uma boa forma de retribuir ao mundo aqueles serviços que ele havia lhe prestado.

Quando eu era adolescente eu também agia da forma como exemplifiquei na história acima.

Eu queria tudo para mim e não queria dar nada ou praticamente nada.

Eu não queria saber de onde vinha a energia elétrica que eu utilizava ou o combustível que movimentava os veículos que eu usava para me movimentar pelo mundo.

Eu era o centro do universo!

Quantos empreendedores você conhece que são assim?

Eu conheço muitos.

Todos muito interessados em si mesmos e pouquíssimos interessados em gerar valor para os outros.

Ninguém se pergunta verdadeiramente “Como eu posso ajudar mais os outros?”

“O quão feliz é uma pessoa depende da profundidade de sua gratidão.” ~ John Miller (Tweet Isso)

Eu posso te falar que eu já tive várias vezes a ideia de acabar com este site.

Afinal, o retorno financeiro que ele me dá ainda é só uma ajuda de custo para manter o serviço de hospedagem do site funcionando e pagar uma pizza no final de semana, mas sempre que eu pensava em acabar com ele, em deixá-lo para lá, pensava que estava me comportando como a pessoa da historinha acima.

Ou seja, pensando mais no meu umbigo que nos outros.

À frente do seu negócio, seja ele qual for, pense sempre nos outros, no que você pode fazer a mais para ajudar as outras pessoas.

É lavar uma louça? É ajudar alguém a escolher a melhor opção de roupa para o seu corpo? É limpar a tela do computador que você acabou de consertar? É presentear os seus clientes com um chocolate depois do almoço?

Não deixe a louça suja para quem você ama lavar.

Clientes, amigos, colegas, vizinhos, filhos e netos, são todos nossos irmãos e vivem na mesma casa que nós.

Quanto mais servimos, mais temos para dar.

Pense nisso e lave a louça suja na próxima vez que ela sobrar e sem, é claro, contabilizar quantas vezes você lavou e quantas vezes as outras pessoas lavaram para você.

Seja humilde. Amadureça e deixe a adolescência para trás.

fonte: http://insistimento.com.br/fracasso-adolescente/

3 segredos por trás das boas ideias

A nossa sociedade ocidental capitalista possui o formato de uma pirâmide onde pessoas da base consomem o que é criado pelas pessoas posicionadas em um nível mais acima. Primordialmente o sistema de educação que forma o conhecimento dessas pessoas, as domestica a consumir investindo seu tempo e dinheiro em atividades, serviços ou bens que as mantém em movimento. Apesar da busca natural de cada pessoa pela sua própria felicidade, uma vez domesticadas pelas certezas do sistema onde estão inseridas, a maioria delas permanece movimentando-se distraída enquanto uma pequena minoria enxerga algumas brechas no sistema por onde é possível escalar a pirâmide. Porém, ainda assim, somente uma…

leia mais em http://www.insistimento.com.br/empreendedorismo/carreira/3-segredos-por-tras-das-boas-ideias/

O maior elogio que você poderia receber de uma pessoa

Existem os malucos que vivem no mundo dos sonhos, existem aqueles que encaram a realidade – e existem aqueles que fazem os dois se encontrarem. Eu quero ser esse terceiro cara!

Todos os dias eu recebo presentes das pessoas que lêem as coisas que eu escrevo.

Um dos melhores presentes que eu recebi nos últimos tempos veio do interior da Bahia. Uma carta escrita por uma mãe cujo o único filho está preso.

“Ricardo, ano passado eu estava procurando na internet por alguma coisa para melhorar a minha vida e tive a incrível…

leia mais em http://www.bizrevolution.com.br