Arquivo da tag: dicas de emprego

Você não precisa ser faixa preta para ensinar o faixa branca.

“Comece fazendo o que é necessário; então faça o que é possível; e quando você menos esperar você estará fazendo o impossível.”

No último sábado pela manhã um programa da rede globo apareceu na minha frente enquanto eu tomava um suco de laranja na cozinha. Eu não sei bem qual é o nome do programa, mas eu peguei o bicho em um momento em que estava passando um quadro chamado SONHO MEU.

Para esse quadro, o programa selecionou a história de uma mulher muito simples acima dos 40 anos que sempre teve o sonho de ser fotógrafa.

O programa então levou a menina até um profissional de coaching para receber algumas orientações sobre a vida; depois, levou a menina para conhecer um estúdio de fotografia para ela conhecer o dia-a-dia de uma fotógrafa profissional; na sequência, apresentou a mulher uma loja de equipamentos para fotografia para ela conhecer os modelos e preços das maquinetas que ela precisa ter para fazer as fotografias; e no final, apresentou a ela os cursos de fotografia – que custam até 4 mil reais – que ela precisa fazer para se tornar uma fotógrafa.

Resultado: ela adiou o sonho de ser fotógrafa para sei-lá-quando, ou para quando ela tiver dinheiro e recursos o suficiente para seguir todo o calvário que mostraram a ela.

No final do quadro ela mesmo assumiu que o negócio de fotografia não é tão fácil assim; ela mesmo reconheceu que não está pronta para ser fotógrafa.

De um lado, a matéria é legal para mostrar para as pessoas que você tem que ralar muito e se preparar demais para realizar os seus sonhos; por outro lado, NADA A VER!

A MATÉRIA NÃO TEM NADA A VER!

A minha sugestão para a menina acima dos 40 anos é: TEM QUE COMEÇAR!!!

De qualquer maneira, de qualquer jeito, do jeito que for necessário, do jeito que você puder, com os recursos que estiverem ao seu alcance.

O importante é começar!

O importante é entrar no mercado!

O importante é conseguir o PRIMEIRO Cliente!

Um curso, um profissional de coaching, um estúdio bonito e uma câmera profissional não são garantias de nada!

Qual é o seu diferencial?

Qual é o seu público-alvo?

Qual é problema que você resolve?

Por que eu tenho que fazer negócios com você?

Dinheiro nenhum vai conseguir responder essas perguntas para você.

Mas você PRECISA ter essas respostas.

E a melhor maneira de responder essas perguntas é colocá-las a prova.

Ninguém é capaz de dizer ao certo quais são as melhores respostas para essas perguntas sem antes testá-las na realidade do dia-a-dia.

Tem que começar!

E aprender enquanto faz.

A minha sugestão para a menina acima dos 40 anos é: pega uma câmera fotográfica emprestada de uma amiga, ou compra um smartphone em 24x, instala o Instagram e dezenas de outros aplicativos show de bola que adicionam filtros e efeitos especiais incríveis nas fotografias e comece a trabalhar. AGORA!

O sonho da menina é fazer fotografias de crianças.

Legal, vamos ai, qual poderia ser o seu público-alvo?

Festas infantis. Comece fotografando festas infantis DE GRAÇA. Ofereça-se para fazer fotografias em locais onde ninguém vai. Crie uma parceira com algum buffet infantil que ninguém conhece direito. Faça o book do aniversariante mas faça também fotos bacanas e inusitadas para as famílias dos convidados. Mas antes de sair fotografando todo mundo, observe a preferência das pessoas. Ouça as pessoas. Observe as pessoas! No final do dia, peça o e-mail e whatsapp de cada convidado que você fotografar para enviar a eles as fotos que você fez.

Mulheres grávidas. Comece fazendo books para mulheres grávidas DE GRAÇA! Pergunte para as amigas mais próximas se elas conhecem alguma mulher que está grávida e ofereça-se para fazer o book.

Escolas. Comece fotografando crianças em escolas estaduais. Ofereça-se para fazer a foto anual oficial de cada uma das classes DE GRAÇA se for o caso. Ofereça-se para fazer as fotos da Festa do Dia das Mães, do Dia dos Pais, do Dia das Crianças.

Distribua o seu cartão para todas as pessoas que você fotografar. Invista MAIS na qualidade do seu cartão de visita do que na máquina fotográfica que o consultor disse que você tem que comprar.

Qual desses mercados é o melhor?

Eu não sei. Ninguém sabe. Você tem que começar para saber!

Faça para aprender.

Faça para entender o que o cliente precisa.

Faça para compreender qual desses públicos-alvo você vai ESCOLHER para FOCAR a sua energia e se tornar um ESPECIALISTA.

Trabalhe de graça para ter portfólio. Trabalhe de graça para ter clientes que vão gerar clientes.

No começo, invista o mínimo possível em equipamentos. Pegue emprestado, alugue ou compre usado tudo que você precisa para fazer o trabalho. O importante é conseguir o primeiro cliente, testar os mercados, descobrir quem você pode ajudar.

Tem que começar!

É isso que interessa.

Esse é o primeiro passo.

Você tem que pisar no mercado que você quer dominar e crescer com a prática e experiência.

Tem que começar!

AGORA! E não no ano que vem!

Você não precisa ser faixa preta para ensinar um faixa branca. Se você já for um faixa amarela, você já resolve o problema do faixa branca.

O faixa preta não tem saco nem paciência nem metodologia nem didática nem conhecimento sobre a realidade do faixa branca para ensinar a ele alguma coisa.

Se você é faixa amarela, ensina os faixas brancas. Tem milhões por aí!

Não se preocupe em ser melhor do que um faixa preta, você tem que ser apenas DIFERENTE do faixa amarela mais próximo de você.

Entendeu?

Então VAMOS QUE VAMOS!

Você não tem permissão para ficar parado. Eu não permito! Eu não admito!

TEM QUE COMEÇAR!

NADA MENOS QUE ISSO INTERESSA!

QUEBRA TUDO! Foi para isso que eu vim! E Você?

fonte: http://www.bizrevolution.com.br

Entrevista de emprego: Predictive-Index, já ouviu falar?

Bom dia,

continuando a série de posts sobre os maiores comentários do blog, temos o  Predictive Index  ou PI, segundo a definição em sites oficiais é um sistema de gestão executiva que mensura o comportamento dos profissionais da organização, relacionado ao trabalho e suas necessidades motivadoras. O PI oferece o conhecimento  para melhor motivar, liderar e alocar as pessoas para atingir os objetivos de sua empresa.

Refletindo bem sobre o modelo do teste, como já respondido nos comentários, não penso que este é um teste injusto, afinal o que se pretende é tentar conhecer melhor o candidato, e nestes sentido, o PI visa definir características e potencialidades a respeito de um indivíduo. É claro que pode haver manipulação e falsas interpretações, afinal um ser humano representa e é muito mais do que simples palavras escolhidas em uma folha de papel.
Porém, um conselho, procure refletir sobre suas qualidades e pontos fracos, a palavra aqui é auto-conhecimento, ou seja, você realmente está ciente de seus talentos, de seu potencial? Digo isso pois, quando estamos totalmente cientes de nosso potencial e valor, não temos nada a temer ou com que nos preocupar.

para maiores informações sobre o método, acesse o artigo utilizando o PI no processo de seleção.

SUCESSO e Realizações…
tenha um excelente dia.

Nunca contrate quem não pode demitir

Um preceito que vale a pena seguir na hora de escolher funcionários, fornecedores ou sócios.

É muito saudável trabalhar ao lado de pessoas que apreciamos e com as quais cultivamos uma relação fora do ambiente profissional, contudo nem sempre os líderes percebem que na hora de contratar alguém para o seu time é preciso segurar a vontade de escolher aquele típico profissional que não poderá ser demitido mais adiante se preciso for.

Quem opta por trabalhar ao lado de familiares e amigos de…

leia mais em http://www.portalgsti.com.br/2015/01/nunca-contrate-quem-voce-nao-pode.html

Não mudar de emprego também pode ser um ótimo negócio

Ano novo, empresa nova? Este pode ser o objetivo de muitos profissionais para 2015. Mudar de emprego a cada 3 anos, por exemplo, é uma máxima para 91% dos cerca de mil jovens entrevistados pela consultoria Future Workplace, nos Estados Unidos.

Mas, seguir na contramão desta tendência também pode ser um ótimo negócio para a carreira. Apesar de não permitir a…

leia mais em http://exame.abril.com.br/carreira/noticias/nao-mudar-de-emprego-tambem-pode-ser-um-otimo-negocio

As “Características Inegociáveis” para evitar uma contratação ruim

Em um primeiro momento dá-se uma enorme importância aos currículos. Eles são uma espécie de etapa eliminatória. Como se fossem uma carteirinha de clube, sem a qual você não entra. A vaga pedia alguém com 3 anos de experiência, você tem? Não? Então tá fora. Não importa se você sabia ou não do que se tratava. Se não pode ser colocado de forma clara no currículo não adianta você ter. Avalia-se currículos e não profissionais.

Mas você passou pela primeira peneira e foi para a entrevista. Existe uma chance de que a pessoa que vá te entrevistar sequer tenha lido seu currículo. Claro, isso não é…

leia mais em http://blog.jumping.com.br/2012/06/as-caracteristicas-inegociaveis-para-evitar-uma-contratacao-ruim/

Como usar as línguas estrangeiras a seu favor para crescer na carreira

If you can’t understand this, you are in trouble. Se o inglês já pôde ser considerado um diferencial no mercado de trabalho, este tempo acabou. Lição número um para quem deseja construir uma carreira dentro do ambiente corporativo: seja fluente na língua de Barack Obama e John Lennon.

Estima-se que a língua inglesa seja falada por pelo menos 500 milhões de pessoas, com esse número podendo chegar a 1,8 bilhão. Mais importante do que isso: a língua universal dos negócios é inegavelmente o inglês. Para trabalhar em uma grande empresa, o idioma virou um…

leia mais em http://epocanegocios.globo.com/Revista/Common/0,,EMI203756-16349,00-COMO+USAR+AS+LINGUAS+ESTRANGEIRAS+A+SEU+FAVOR+PARA+CRESCER+NA+CARREIRA.html

Como ser mais pontual

A pontualidade é uma virtude, e ajuda a formar a imagem que os outros têm de você.

Chegar na hora, ou um pouco mais cedo, tem várias vantagens. Participar das discussões preliminares, rever a pauta e seus apontamentos, escolher o lugar mais favorável, ter um tempo para…

leia mais em http://www.efetividade.net/2011/01/17/como-ser-mais-pontual/