Arquivo da tag: motivação

Aumente seu valor

5 maneiras de se manter motivado no trabalho

Alguma vez você já tentou ficar motivado no trabalho, mas nada funciona? Você começa a se sentir terrível, como se estivesse ficando pra trás e largando o seu negócio ou carreira.

Você está entediado, letárgico e você não quer se encontrar com seus amigos, porque não sabe dizer para eles em que está trabalhando – ou, em que não está trabalhando.

Muitos de nós já sofreu com esse problema, e sentimos uma frustração que vem direto de uma motivação no trabalho.

Mas, nem tudo está perdido. Existem algumas coisas importantes que contribuem para seu trabalho e que pode aumentar a sua motivação.

Aqui estão 5 coisas que você deve certificar que suas tarefas têm e que…

leia mais em http://www.jornaldoempreendedor.com.br/destaques/inspiracao/5-maneiras-de-se-manter-motivado-no-trabalho

A melhor maneira de se sentir motivado é saber por que você quer algo feito

As pessoas mais motivadas (e produtivas) são aquelas que constantemente questionam por que elas estão fazendo o que estão fazendo.

Quando você foca em fazer mais coisas em em vez de focar em fazer apenas o que está alinhado aos seus valores e crenças, você provavelmente se forçará a ser produtivo no curto prazo, mas, no longo prazo, você estará muito menos satisfeito e será muito menos produtivo. O segredo é determinar o que você valoriza e o que mais te motiva, e então assumir as tarefas e responsabilidades que combinam com seus valores.

O fato de você estar constantemente ocupado e produzindo muito não significa que você é produtivo. Na verdade, eu diria que é o contrário. Produtividade não é sobre o quanto você faz, é sobre se você alcança as metas que são as mais importantes para você.

Quando você sabe por que está fazendo algo, você é muito mais motivado e produtivo.

fonte: http://mude.nu/10-licoes-produtividade/

UM CONHECIMENTO QUE A MAIORIA DESCONHECE, POUCOS DOMINAM E QUE QUANDO OUVEM, ACHAM QUE É ÓBVIO

Motivação não é animação, alegria e entusiasmo.

MOTIVAÇÃO significa MOTIVO para AÇÃO.

Assim podemos afirmar que alguém pode estar MOTIVADO, ou seja, com MOTIVOS para AGIR, estando com raiva, alegre, compenetrado ou até triste.

Ao tomar uma decisão de fazer algo, uma de suas motivações, por exemplo, pode ser provar para alguém que duvidou de você, ou ser ajudar sua família, ou simplesmente para conquistar a sua independência financeira. Qualquer motivo que lhe impulsione a agir pode ser considerado uma MOTIVAÇÃO.

De forma geral, eu classificaria as motivações humanas em dois grupos:

1. TER PRAZER – A busca pelo prazer, isso inclui o amor, sexo, conquistas financeiras, reconhecimento, ou seja, tudo que produz prazer. Esses elementos são agentes motivadores, são motores para alguém agir. Em busca desses elementos o indivíduo se esforça mais, muitas vezes paga um preço altíssimo mas sem reclamar, movido por alcançar metas que lhe dêem prazer. Alguém apaixonado, por exemplo, não mede esforços para encontrar a pessoa amada. De onde vem essa motivação? Pelo prazer do encontro. Este prazer é um grande motivo para ação (motivação).

O CONFORMISMO é a antítese deste motor motivacional que é TER PRAZER. Ele age assim: “isso é muita areia pro meu caminhão”, “cansei de me frustrar sonhando com isso”, “minha mãe tem razão, eu sou muito sonhador. Deixa eu aterrizar”. Uma vez que o vírus do conformismo entre em cena, os motivos para agir (MOTIVAÇÃO) começam a perder a sua força gradativamente, transformando-o em alguém que não tem mais a mesma vontade e a determinação de superar obstáculos que tinha antes. Em casos assim, a motivação transforma-se em desânimo (DESÂNIMO = sem ânimo, ou seja, sem VIDA).

2. NÃO SOFRER – Ninguém gosta de sofrer. A ameaça de um possível sofrimento, desperta em nós uma força para evitarmos passarmos por ele. Isso representa um forte motivo para ação, uma forte fonte de motivação: NÃO SOFRER. Por exemplo, quem já correu de um cachorro feroz deve lembrar que quase bateu o recorde de Usian Bolt (rss), deve lembrar que saltou muros e obstáculos com uma performance diferente. Tudo isso MOTIVADO a não levar algumas mordidas, ou seja, não sofrer.

O CONFORMISMO também é a antítese deste motor motivacional que é NÃO SOFRER. Ele age assim:”eu nasci assim, vou viver assim, vou morrer assim, Gabriela”. Em outras palavras, para não ficar frustrado, o indivíduo simplesmente aceita determinadas condições inaceitáveis que com o passar do tempo ele acaba se acostumando com elas, e em seguida, ele as aceita, convencendo-se que nada pode se fazer para mudar. Uma espécie de negação, carma ou um castigo dos céus. Em casos assim, a motivação transforma-se em desânimo (DESÂNIMO = sem ânimo, ou seja, sem VIDA).

Quais são os seus motivos para agir?
O que pode lhe fazer despertar de manhã com ânimo (vida), garra e determinação para lutar?

Esses motivos devem ser lembrados diariamente, devem estar escritos num papel e colados no seu espelho para todos os dias pela manhã vc seja motivado por eles.

Pare um pouco neste fim de semana, reflita, organize suas ideias e faça essa lista de motivos. Nada terá um poder maior de lhe impulsionar em busca de realizar os seus projetos de vida.

fonte: canal gv em facebook.com/canalgeracaodevalor

Eu maior

Felicidade é sorrir para a vida

Felicidade é sorrir para a vida.
É permitir-se um momento de puro êxtase.
Por pequenas coisas que nos acontecem, E que às vezes não percebemos.
Estão sempre a nossa volta:
Um olhar que nos descobre,
O aperto de mão caloroso de um amigo,
O sorriso do estranho que agradece a nossa atenção,
Um lindo pôr-do-sol,
A chuva caindo no telhado,
Um pássaro,
Uma flor…
Como é bom parar de vez em quando E notar o que se passa pertinho da gente…
E então sorrir, destes momentos, e ser feliz!

fonte: http://www.contandohistorias.com.br/historias/2004120.php

NÃO TENHA VERGONHA. VOCÊ ESTÁ NO CAMINHO CERTO.

Não tenha vergonha de dizer que acredita no seu futuro, que deseja trabalhar muito para vencer, que deseja construir uma família, que é fiel em um relacionamento e que acredita no Brasil apesar de todos os seus problemas.

Não tenha vergonha de dizer que devolve troco errado, que é uma pessoa de palavra, que não sonega impostos e que acredita no ser humano apesar de algumas decepções.

Não tenha vergonha de dizer que você está entusiasmado com os seus projetos, que acredita que fará diferença na vida de muitas pessoas, que acredita que pode contribuir com a mudança do mundo, melhorar a vida de muitas famílias e deixar um legado para as próximas gerações.

Por incrível que pareça, com a constante inversão de valores que a sociedade da caixinha vive, aposto que muitos teriam vergonha de ir a frente de sua sala de aula, diante de todos os seus “colegas”, para fazer todas essas declarações…

Se por acaso, mesmo não tendo vergonha de nada disso, você for alvo de risadas, chacotas e for tachado de alienado, iludido e bobalhão, tenha com isso a confirmação de você está no caminho certo. Daqui a algum tempo, eles vão lhe pedir emprego.

fonte: Flavio Augusto em #GeracaodeValor https://www.facebook.com/CanalGeracaodeValor